Infraestrutura

 infraestrutura1Com absoluta segurança, podemos afirmar que São Luís está recebendo o maior programa de urbanização de bairros e mobilidade urbana de sua história. Estamos colhendo, agora, os frutos do planejamento que fizemos no início de nossa gestão. As obras se espalham por toda a cidade, são serviços de drenagem profunda e superficial, pavimentação, construção de pontes, revitalização de praças, intervenções em corredores viários, melhoria e modernização da rede de iluminação pública e implantação de vias Interbairros, que melhoram o trânsito e levam desenvolvimento.

Com estes investimentos na infraestrutura da cidade, estamos mudando a realidade de bairros e resgatando a dignidade de milhares de ludovicenses. Exemplos da mudança experimentada como resultado do investimento responsável da nossa gestão, são as drenagens profundas, obras subterrâneas que ninguém vê, mas que fazem a diferença à medida que evitam os alagamentos.

Entre obras concluídas e outras em andamento já são mais de 20 km de rede de drenagem profunda executada pela nossa gestão. Entre vários outros pontos onde atuamos, destaco o Canal do Cohatrac, que beneficia diretamente cerca de 150 mil moradores de vários bairros localizados no entorno, e as drenagens na região da Santa Clara e Apaco – obras complexas que respondem a uma demanda histórica, tendo como finalidade acabar com alagamentos que geravam sofrimento, desabrigavam e ofereciam todo tipo de risco, inclusive à saúde. 

infraestrutura2

Quando se trata de pavimentação nosso avanço é ainda maior. Já asfaltamos 1.800 ruas, o que corresponde a mais de 400 km de asfalto implantado. Bairros que há anos não recebiam manutenção em sua malha asfáltica tiveram suas ruas recuperadas, como é o caso da Alemanha, Caratatiua, Recanto dos Vinhais, Vila Embratel, Anjo da Guarda, Bequimão, São Cristóvão, Cidade Operária, Vila Palmeira, Areinha, João de Deus, Cohab, Centro, entre outros.  Na Vicente Fialho, por exemplo, devolvemos a trafegabilidade do bairro que estava seriamente comprometida. Outros, como o Pontal da Ilha, Residencial Paraíso, Apaco, Vila Vitória, Jardim São Raimundo, Recanto Verde, Riod e Residencial 12 de Outubro, receberam pela primeira vez um pacote de urbanização completo. Levamos asfalto, calçada, iluminação, sarjeta e meio-fio. Devolvemos a auto-estima e a dignidade à população. 

Também tiramos muitas áreas do completo isolamento através da construção de pontes como, por exemplo, a do Baixão, no São Cristóvão, do eixo Forquilha/Parque Sabiá e Pai Inácio, no Turu. Intervimos em localidades onde os serviços públicos, como ambulâncias e a ronda policial, não chegavam devido a ausência total de acesso. 

Em nossa gestão, São Luís também ficou mais iluminada. Atuamos em três frentes: modernizando, expandindo a rede e implantando a chamada iluminação artística. infraestrutura3Em números, modernizamos 43 mil luminárias e instalamos 10 mil novos pontos. Mais eficiente e resistente, implantamos 4 mil pontos de iluminação LED, que somam 50 km de vias cobertas com estas luminárias. Campos e quadras esportivas também receberam iluminação LED, um total de mais de 1.200 pontos. Na região da BR-135, onde os serviços de iluminação pública praticamente não chegavam, 40 localidades foram finalmente contempladas com obras de melhoria na rede.

E não paramos por aí. Estamos devolvendo os espaços públicos para os ludovicenses. Revitalizamos 26 praças e já instalamos 23 academias de saúde.

Todas estas obras de infraestrutura transformam a paisagem de São Luís na mesma velocidade em que compõem um conjunto sinérgico que propulsiona desenvolvimento social e econômico, que integra pessoas antes isoladas, a uma São Luís da gente.