Habitação

chaves da residenciaNa área de habitação, duas foram as palavras-chave de nossa gestão: construção e regularização. Com as parcerias certas, planejamento e muito trabalho, conseguimos fazer os investimentos que colocaram nossa São Luís em posição de destaque nas regiões Norte e Nordeste no tocante à construção de habitações populares.

Em parceira com o Governo Federal, erguemos novos bairros em São Luís, onde vivem mais de 40 mil pessoas cujo sonho da casa própria se transformou em realidade. Entregamos mais de 10 mil unidades habitacionais, entre casas e apartamentos. Outras 8 mil unidades estão em construção.

Nestes chamados novos bairros, estamos trabalhando para implantar equipamentos como creches, escolas, praças e quadras poliesportivas.  No Residencial Piancó, por exemplo, construímos uma escola para atender a população da região, entre eles os beneficiários do ‘Minha Casa, Minha Vida’. No Residencial Ribeira uma outra escola está sendo construída.

Assim, vamos responder às demandas destes bairros, proporcionando a vivência de uma política habitacional transversal. Quando digo isso, sempre me refiro ao fato de que realizar o sonho da casa própria é sempre muito satisfatório, mas é preciso oferecer outros mecanismos que garantam a segurança social destas famílias atendidas pelo Programa.

Uma experiência de sucesso no que se refere à política de habitação e segurança social é o Projeto Técnico Social. Uma bela experiência, por meio da qual oferecemos profissionalização e acompanhamento social às famílias do Programa ‘Minha Casa, Minha Vida’. São desenvolvidos cursos como o de jardinagem, corte e costura, doces, cabeleireiro, além de palestras e cursinho pré-vestibular.

Estas e outras ações do Projeto Técnico Social já fizeram a diferença em muitas vidas, inclusive na de mais de 5 mil pessoas, que foram capacitadas e preparadas para o ingresso no mercado de trabalho. Na outra ponta da nossa política habitacional, igualmente importante, temos o ‘Minha Casa Legal’, programa que trabalha com a regularização fundiária. Por quase 20 anos, a regularização fundiária em São Luís foi renegada, deixada de lado, e nós a resgatamos.

minha casa minha vida sao luis

Em São Luís, muitas famílias têm casa, mas não são donas do terreno. Isso sempre me preocupou bastante. Por isso, até o final do ano, chegaremos à marca de 10 mil títulos de regularização de posse entregues à população.

Com o título de posse nas mãos, os beneficiados têm seus direitos reconhecidos legalmente, como o acesso a linhas de crédito. Regularizamos imóveis nas áreas do Coroadinho, Vila Nova,  Mauro Fecury I,  Vila Mauro Fecury II, Residencial Alcântara e Santa Cruz e estamos trabalhando atualmente no Jambeiro, Vila Embratel e Sá Viana. Com estas ações em conjunto, reavivamos a política de habitação por meio do resgate à cidadania, o que é uma das marcas de nossa gestão.